X

Mulheres ao volante respondem por apenas 6,3% dos acidentes de trânsito

Natália Vier 16 de Junho de 2021

Mulheres ao volante respondem por apenas 6,3% dos acidentes de trânsito



 Sabe aquele ditado que diz: mulher no volante, perigo constante? As estatísticas de acidente de trânsito revelam que esse ditado além de totalmente ultrapassado, não é verdadeiro.


 Segundo dados do Infosiga SP apontam que somente 6,3% dos casos de acidentes registrados no primeiro trimestre de 2020 envolvem mulheres na direção, um percentual 16 vezes menor do que o número de acidentes com homens ao volante. As condutoras do sexo feminino representam 40% dos motoristas de todo o Estado, um total de cerca de 26 milhões de condutores.

 A prudência no trânsito é demonstrada também por meio do perfil dos condutores com habilitações suspensas. Das 91,5 mil CNHs suspensas entre janeiro, fevereiro e março de 2020 no Estado de São Paulo, apenas 26% pertencem às mulheres.

 Já em relação ao número de acidentes com vítimas fatais nos três primeiros meses, entre janeiro e março deste ano, a tendência se confirma: o sexo feminino responde por apenas 15,5% do total, frente a 84,5% de homens.

 Outro dado importante é que na maioria dos casos fatais registrados, as mulheres não estavam na direção do veículo: 39,4% eram passageiras e 31,9% pedestres.


Gostou do post? Compartilhe com os amigos. 



Envie-nos suas dúvidas e sugestões através do formulário abaixo.


Categorias:

Tags:

Autor:
Natália Vier

Posts relacionados